Libertarianismo, anarcocapitalismo, agorismo, utilitarismo, jusnaturalismo, capitalismo, ANCAP, minarquismo, libertário, anarcocapitalista, ciências libertárias, política, pensadores, economia, filosofia, transhumanismo
O Libertario

História do Transhumanismo


Warning: get_headers(): php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/olibertario/public_html/wp/wp-content/themes/Gameleon/includes/functions.php on line 324

Warning: get_headers(http://wpt.ninja/s/?u=olibertario.com.br): failed to open stream: php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/olibertario/public_html/wp/wp-content/themes/Gameleon/includes/functions.php on line 324

Os objetivos transhumanistas são tão antigos quanto a humanidade — para ficar entre os exemplos mais evidentes, basta lembrarmo-nos dos egípcios, na antiguidade, e dos alquimistas na Idade Média. Da mesma forma, um estado de felicidade suprema e imortalidade da alma (isto é, uma forma de contornar a morte) é a promessa fundamental por trás de todas as religiões.

A conquista do ideal da beleza e da perfeição, semi-deuses ciumentos com poderes supra humanos, criaturas estranhas e superinteligentes como os centauros: o futuro da humanidade lembrará em algum aspecto o passado mitológico?

O movimento intelectual que advoga o emprego da ciência moderna (que conta com apenas 400 anos) para alcançar estes objetivos, todavia, é bastante recente. O termo transhumanismo foi criado pelo biólogo Julian Huxley em 1957, que o definiu como a doutrina do “homem continuando homem, mas transcendendo, ao perceber novas possibilidades de e para sua natureza humana”. A concepção atual do termo, no entanto, difere significativamente da definição de Huxley.

Em 1966, FM-2030 (antes F.M. Esfandiary), um futurista estadunidense da New School University, começou a identificar como “transumano” (uma referência a “humano transitório”) — “pessoas que adaptavam tecnologias, estilos de vida, e visões de mundo transicionais a uma pós-humanidade.” Embora bastante próxima da concepção atual, a definição de FM-2030 era ainda mais ampla que a atual.

Claudio Wieser
Tradutor e Publicitário, sócio proprietário da agência TCF Publicidade & Marketing, fundador do grupo O Libertário no facebook.

Compartilhe nas redes:
Claudio Wieser
Tradutor e Publicitário, sócio proprietário da agência TCF Publicidade & Marketing, fundador do grupo O Libertário no facebook.

No comments

Deixe uma resposta

Vídeo da semana

Imposto é roubo

Anúncios

Contador

  • 75 posts
  • 1290 comments